pt
Imagem de Topo

Ampliação de Plantas

Nossa Engenharia atuará na modernização de seus equipamentos e processos, identificando as oportunidades de otimização e recuperação de energia, aumento de rendimentos, ampliação da capacidade e redução dos custos operacionais.

PREPARAÇÃO:

–  Atualização de equipamentos existentes
–  Balança de fluxo, limpeza, quebra, condicionador, laminação e expansão
–  Atualização dos modelos de transportadores para modelos sem trilhos
–  Redução do consumo de energia por tonelada
–  Redução do consumo de vapor por tonelada
–  Controle do fluxo de massa
–  Novo conceito em separação de cascas e redução de fibra no farelo
–  Descasque a quente após condicionamento (HI PRO)
–  Otimização do sistema de recuperação do óleo nas cascas soltas
–  Massa expandida com melhor relação produção x potência
–  Maior densidade da massa expandida
–  Secador / Resfriador de ME com recuperação de energia
–  Instalação de fundo fixo em resfriadores com telas móveis

EXTRAÇÃO

Geral:
–  Atualização do projeto e ou layout para atender a NFPA 36
Extrator:
–  Instalação de fundo fixo, Vbar em aço inox
–  Redutor tipo planetário
–  Substituição do conjunto de acionamento de corrente por cremalheira
–  Modernização do fluxo de micela e redistribuição dos chuveiros
–  Troca de carcaça e teto com corrosões por novo desenho em aço inox
–  Redimensionamento na relação de contato m³/h micela x m² de massa
–  Redução e controle do residual de óleo no Lex
–  Moega de alimentação com 02 roscas distribuidoras
–  Instalação de válvula gaveta pneumática para vedar gases
–  Sistema de segurança NFPA 36
–  Ventilador para exaustão de gases no redler de entrada do extrator

DT, DTDC, DTR, DC:

–  Instalação de sistema de recuperação total de energia
–  Secagem por “flashiamento”
–  Utilização de vapor do efluente zero no vapor direto
–  Otimização e redimensionamento
–  Controle total dos níveis
–  Controle do tempo x temperatura x umidade
–  Controle da solubilidade e atividade ureática do farelo
–  Instalação de válvulas rotativas para controle de fluxo
–  Otimização e redimensionamento do piso de vapor direto
–  Redução do consumo de vapor direto
–  Melhorias no sistema de drenagem de condensado
–  Redução do consumo de energia por tonelada
–  Redução do consumo de vapor por tonelada
–  Controle do fluxo de massa
–  Redimensionamento visando reduzir o ppm de solvente no farelo
–  Instalação de secagem e resfriamento em Dts.
–  Ampliação do DC vertical e ou horizontal

Destilaria:

–  Modernização dos evaporadores existentes
–  Primeiro evaporador tipo “Fall Film”
–  Segundo evaporador desenho para utilização do vapor flash
–  Terceiro evaporador com maior área de contado, menor temperatura
–  Instalação de economizador para aquecimento de micela
–  Instalação de economizador para aquecimento de solvente
–  Instalação de economizador para aquecimento de águas residuais
–  Controle de níveis
–  Controle de fluxo
–  Redução do consumo de vapor
–  Redução do consumo de solvente
–  Redimensionamento do sistema de vácuo
–  Flash point 150°C no óleo
–  Otimização da absorção e destilação no sistema de óleo mineral
–  Recuperação de gases com menor consumo de óleo mineral
–  Redimensionamento dos tanques (solvente, micela, decantação)
–  Fervedor com novo desenho e menor ppm residual na água
–  Instalação de sistema de recuperação total de efluentes
–  Detectores de hexano
–  Ventiladores de purga norma AMCA
–  Sistema de Controle de vácuo no extrator e DT
–  Redimensionamento dos condensadores e aquecedores

SECAGEM E DEGOMAGEM ÓLEO BRUTO:

– Otimização e redimensionamento
– Controle de umidade
– Controle de ppm de fósforo e sabões no óleo degomado
– Controle e redução de perdas de óleo